PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO - 1ª SUBSEÇÃO DE RONDONÓPOLIS

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Julho de 2020 | Ver mais
D S T Q Q S S
# # # 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 #

Notícia | mais notícias

Catadores de recicláveis e músicos buscam orientação da OAB-MT para receber auxílio da Prefeitura

26/05/2020 14:46 | APOIO
Foto da Notícia: Catadores de recicláveis e músicos buscam orientação da OAB-MT para receber auxílio da Prefeitura

Foto: Arquivo OAB-MT

img    Procurada por catadores de recicláveis, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) está orientando trabalhadores autônomos que buscam receber o auxílio de R$ 500 do programa Renda Solidária. 
 
    Lideranças da categoria foram recebidas pelo presidente da Comissão de Responsabilidade Social e Cultura, Danilo de Oliveira Nunes que explanou sobre o benefício oferecido pela Prefeitura de Cuiabá e de que forma devem proceder para recebe-lo. O presidente da Comissão dos Direitos Humanos, Flávio Ferreira, também participou do encontro.  
 
    Representantes da Ordem dos Músicos do Brasil em Mato Grosso também participaram da reunião. Não-incluídos no programa, eles buscam viabilidade para que músicos também sejam contemplados com o recurso que além dos catadores de recicláveis, apoiará feirantes, carroceiros, ambulantes e profissionais que atuam no transporte escolar. 
 
    O montante total de R$ 2.530.500,00 milhões será distribuído para até 1.687 trabalhadores, em parcelas de R$ 500,00, pelo período de 90 dias. 
 
    Para receber o benefício da Prefeitura de Cuiabá o trabalhador deve estar inscrito em cadastro municipal, ser maior de 18 anos e residir há pelo menos três anos na capital. O valor recebido só pode ser utilizado para itens essenciais, como de alimentação e materiais de limpeza. 
 
Cadastro dos ativos
 
    O presidente da comissão da OAB-MT os alertou que o essencial neste primeiro momento, é que seja atualizado o cadastro de profissionais das duas categorias. 
 
    “A atualização cadastral é que vai refletir a realidade das pessoas que realmente estão trabalhando no aterro sanitário. E também, no caso dos músicos, para que o recurso seja destinado àqueles que estão sem trabalho. Por ser limitado é preciso direcioná-lo a quem possui esses vínculos e que de fato necessita do recurso”. 
 
    O representante estadual do Movimento Nacional de Catadores de Recicláveis, Thiago Duarte disse que é de praxe buscar apoio jurídico da OAB-MT. “A instituição nos auxilia sempre que precisamos de orientação”, ressaltou.  
 
    No caso dos músicos, não incluídos no programa, o presidente da OMB-MT, Jhonny Everson, ressaltou que com base na orientação da OAB-MT, tem buscado apoio de vereadores para que o benefício seja ampliado também aos artistas. 
 
 
Assessoria de Imprensa OAB-MT
imprensaoabmt@gmail.com
(65) 3613-0929
www.twitter.com.br/oabmt
www.facebook.com.br/oabmatogrosso
Instagram @oabmatogrosso

Facebook Facebook Messenger Google+ LinkedIn Telegram Twitter WhatsApp