PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO - 1ª SUBSEÇÃO DE RONDONÓPOLIS

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Outubro de 2020 | Ver mais
D S T Q Q S S
# # # # 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Notícia | mais notícias

OAB-MT cria Comissão de Acompanhamento das Políticas Públicas do Pantanal

15/10/2020 15:30 | LINHA DE FRENTE
Foto da Notícia: OAB-MT cria Comissão de Acompanhamento das Políticas Públicas do Pantanal

Foto: Mayke Toscano Governo de MT

imgA Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-M), criou a Comissão de Acompanhamento das Políticas Públicas do Pantanal, visando auxiliar o desenvolvimento de trabalhos, estudos e pesquisas na região. O bioma, que abriga milhares de espécies de plantas e animais, teve cerca de 30% de sua área devastada por uma série de incêndios, registrados há mais de dois meses. 
 
O grupo, estabelecido na última semana pela Resolução Nº 161, é presidido por Flavio José Ferreira. Já a vice-presidência é ocupada por João Mario Silva Maldonado; a secretaria geral por Glaucia Anne Kelly Rodrigues do Amaral e a secretaria geral adjunta por Renata Viviane da Silva. 
 
Também fazem parte da comissão os advogados e advogadas Ana Carolina Naves Dias Barchet, Daniela Cristina da Silva Campos Preza, Luis Lauremberg Eubank e Pedro Puttini Mendes, além do professor e mestre, Djair Sérgio Freitas Júnior e do bacharel em direito, Vicente Falcão de Arruda Filho. 
 
O presidente da Ordem, Leonardo Campos, destaca que esta é mais uma das iniciativas da entidade, que busca, ao lado do poder público, por soluções a curto e longo prazo para a preservação do bioma. 
 
 “A OAB-MT, enquanto representante da sociedade civil organizada, não pode estar de fora desse debate e não ficará. Temos acompanhado todos os desdobramentos da situação e contado com grandes nomes do direito ambiental e de profissionais que atuam nesta frente, para que possamos contribuir com soluções efetivas para o problema”, diz.
 
Sendo assim, além de visita técnica ao Pantanal, a OAB-MT vem cobrando por ações das autoridades responsáveis e encabeçou, na última semana, debate sobre o assunto no Observatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O debate resultou na criação de grupos de trabalho na região que levantaram dados para embasar políticas públicas para combate e prevenção ao fogo. 
 
Confira a íntegra da resolução AQUI.
 
Foto: Myke Toscano/Governo de MT
 
imprensaoabmt@gmail.com
(65) 3613-0929
www.twitter.com.br/oabmt
www.facebook.com.br/oabmatogrosso
Instagram @oabmatogrosso

 


Facebook Facebook Messenger Google+ LinkedIn Telegram Twitter WhatsApp